Índia recebe final internacional de 2023

in Expresso, 10 de Maio 2024

Legenda da foto: João Matoso Henriques (SDG) explica que o objetivo é mudar anualmente o local que acolhe a final mundial.

Depois de Luanda é a vez de Nova Deli receber evento que será disputado por cerca de 20 países.

A organização do Global Management Challenge escolheu a cidade de Nova Deli, na Índia, para anfitriã da final internacional da edição de 2023, que juntará de 25 a 27 de setembro deste ano, os campeões nacionais de cerca de 20 países, entre os quais vai estar Portugal. Entre os estreantes contam-se o Chile e o Peru.

Esta será a primeira vez que a Índia irá receber este evento internacional. João Matoso Henriques, CEO da SDG, empresa que organiza há mais de 40 anos esta competição em parceria com o Expresso, conta que “tentámos sempre inovar no que toca ao Global Management Challenge e realizar a final internacional num país pela primeira vez é sempre um objetivo. É importante estar alinhado com o ADN desta competição que é levar as boas práticas da gestão e do desenvolvimento de competências a novos locais e tentar ao máximo promover o networking e o contacto dos participantes com diferentes culturas”. O evento contará com cerca de 20 países e realiza-se sempre no ano seguinte à edição a que respeita. Apesar do Global Management Challenge ser disputado em mais de 30 países, nem todos integram as finais internacionais. O Chile e o Peru são os países que vão participar pela primeira vez nesta etapa.

Para Lav Agarwal, organizador da competição na Índia, “acolher a final internacional é uma grande oportunidade para o desenvolvimento do Global Management Challenge no nosso país. Vamos receber os participantes em Nova Deli, uma grande cidade, com uma presença histórica e cultural muito rica”. Lembra que Nova Deli tem locais que são património da UNESCO e que o Taj Mahal fica a cerca de 200 quilómetros de distância. Recomenda ainda aos participantes que experimentem a gastronomia indiana, já que a cidade é conhecida pela sua comida de rua.

Cinco mil participantes

A edição de 2023 indiana foi disputada por 1284 equipas, sendo que destas 1024 eram formadas por estudantes universitários e as restantes 260 por quadros de empresas. “Foi um grande sucesso, já que registámos pela primeira vez mais de cinco mil participantes. O vencedor da edição foi uma equipa de estudantes”, revela Lav Agarwal. Na sua opinião “o Global Management Challenge é uma forte ferramenta de desenvolvimento de gestão que ganhou amplo reconhecimento na Índia. Desde universidades até grandes empresas, todos aceitam esta competição como forma de treinar jovens gestores com as habilidades necessárias para atuar no mundo competitivo de hoje”.

E enquanto a Índia prepara a final internacional, em Portugal encerram no próximo dia 13 as inscrições para a 45ª edição que arranca no dia 21. João Matoso Henriques explica que “sempre que se inicia uma nova edição temos como objetivo ultrapassar o número de participantes da anterior que neste caso foi de 480 equipas. Queremos também ter maior número de regiões do país a participar e abranger o mais possível o interior”.

Criada em Portugal em 1980, esta prova tem sido disputada ao longo dos anos, tanto por universitários como por quadros. “A sua reputação em território nacional é grande e há já muitos anos que é uma plataforma reconhecida pela qualidade da experiência que proporciona aos participantes”, salienta o CEO da SDG. Acrescenta que “tanto empresas como os estudantes sabem que podem contar com esta ferramenta de desenvolvimento de competências que promove o networking e a aproximação entre o mundo académico e o corporativo”.

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Fotógrafo/Expresso: Nuno Botelho

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Parceiro Universitário

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

mw-1920