Primeiro contacto com a vida das empresas

in Expresso, 24 de dezembro de 2020

Legenda da Foto: João Paulo Peixoto, diretor-geral da Staples Portugal

A Staples Portugal conta com quatro equipas de estudantes na segunda volta.

No Global Management Challenge (GMC) os estudantes aprendem que gerir não é tarefa fácil. Para João Paulo Peixoto, diretor-geral da Staples Portugal, nesta prova os participantes tomam decisões e percebem como é importante adaptarem-se à mudança e serem resilientes.

“A passagem da vida académica para o mundo empresarial é difícil, e participar nesta iniciativa é muitas vezes o primeiro contacto dos estudantes com a realidade das empresas, do trabalho e gestão de equipas, da perceção do impacto das nossas decisões e de pensar estratégia”, revela João Paulo Peixoto. Apesar de estarem num ambiente virtual acredita que os jovens percebem que “gerir uma empresa não é uma tarefa fácil e ter visão, capacidade de tomar decisões, inteligência emocional e resiliência são fatores fundamentais para quem vai entrar para o mundo do trabalho e aspira a ter funções de gestão. A capacidade de adaptação a situações de incerteza é algo essencial de ser aprendido numa experiência como esta”, acrescenta.

A Staples tem mantido uma presença assídua no GMC e na edição de 2020 conta com quatro equipas de universitários na segunda volta. Para João Paulo Peixoto “esta competição representa uma oportunidade única de aprendizagem, trabalho de equipa e partilha de experiências para quem amanhã terá a responsabilidade de gerir uma empresa”.

Luís Barros lidera a equipa Staples/Ips Gdl 1, formada por alunos de gestão e distribuição da logística. Conta que a prova é uma oportunidade para colocar em prática a matéria aprendida nas aulas. “Vários conhecimentos que adquirimos no desenrolar da competição já nos foram úteis na compreensão de certas teorias económicas e contabilísticas e acreditamos que ainda o poderão ser na nossa vida, quer académica quer profissional”, frisa.

“Participar nesta simulação empresarial desperta o interesse por estratégias de mercado e melhora a nossa forma de pensar. Ter bons resultados aqui deixa-nos mais confiantes para o mercado de trabalho”, defende Gabriel Sales, líder da equipa Staples/Supremos que inclui estudantes de administração e marketing e gestão. Já na equipa Staples/Plamz todos os membros estudam engenharia aeroespacial. Pedro Alves, o líder, revela que foi o interesse em testar a plataforma e aprofundar conhecimentos de gestão que os motivou a integrar esta prova. “O GMC permite ter este contacto e sentir em primeira mão a responsabilidade e impacto de algumas decisões que são tomadas a nível empresarial”, salienta. Joel Cordeiro, chefe da equipa Staples/Umsharks que inclui estudantes de gestão e negócio e negócios internacionais, explica que este desafio permite “colocar em prática o que se tem vindo a aprender no percurso académico e melhorar competências ao nível da tomada de decisão e trabalho em equipa”.

Consulte a Classificação após a Segunda Decisão da Segunda Volta do Global Management Challenge 2020: (clique aqui)

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

indiaartigo 31 Dez 2020