Da academia para a prova nacional

in Expresso, 30 de dezembro de 2021

Legenda da Foto: João Matos, estudante de Gestão, com Álvaro Garrido, diretor da FEUC

Alunos da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra vão participar no Global Management Challenge 2022

A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) e a SDG realizaram, entre novembro e dezembro, uma competição interna similar ao Global Management Challenge, dirigida aos estudantes da licenciatura em Gestão. O evento envolveu 138 alunos, distribuídos por 26 equipas, que estão convidadas a integrar a edição de 2022 da competição nacional.

Esta primeira edição do FEUC Management Challenge (FEUCMC) envolveu os alunos que frequentam a unidade curricular de Introdução à Gestão. As equipas foram divididas em quatro grupos e a vencedora de cada um vai representar a FEUC no Global Management Challenge 2022. As restantes equipas também podem integrar este evento.

Para Álvaro Garrido, diretor da FEUC, este programa surge da vontade de “dinamizar e aprofundar as relações da universidade e da Faculdade de Economia com as empresas, proporcionando aos alunos motivação e treino em competências de estratégia e gestão através de um ambiente virtual que simula o ambiente de administração das empresas. É uma experiência fundamental para motivar os estudantes a descobrir o campo da estratégia, decisão e análise no âmbito das empresas e para treinar comportamentos de gestão em espaço virtual”. Acredita que esta é uma metodologia de ensino eminentemente prática, que corresponde a um conceito de inovação pedagógica de diversificação de experiências.

Álvaro Garrido considera que a etapa que se segue para estes alunos, a da competição nacional, “é uma oportunidade para terem contacto com empresas, fazerem networking, verem a diversidade de soluções que existem e os desafios da gestão, que estão em profunda alteração com a pandemia”.

João Matos, aluno da licenciatura em Gestão, participou no FEUCMC. Na sua opinião, “neste programa aprendemos muitos conceitos de gestão”. Apesar de a sua equipa não ter sido uma das vencedoras, o estudante manifestou vontade de integrar a competição nacional, que pensa ser “mais complexa e competitiva”. E considera ainda que iniciativas como estas ensinam a gerir uma empresa numa vertente prática, que complementa o saber académico.

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Foto: D.R.

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

oeiras v finalfidelidade