Santiago de Compostela recebe países em 2022

in Expresso, 9 de outubro de 2021

Legenda da Foto: Santiago de Compostela

Espanha será o país anfitrião da final internacional da edição de 2021, agendada para junho do próximo ano.

Situada na Galiza, na zona noroeste do país vizinho, a cidade de Santiago de Compostela vai receber a final internacional referente à edição de 2021 do Global Management Challenge, prevista para junho do próximo ano.

“Estamos a trabalhar para que esta seja uma final extraordinária, com a presença das equipas que aqui estão e de muitas mais. Esta é uma cidade com muita história e o governo da Galiza está empenhado em promover e atrair talento”, explicou Alejandro Seguro, presidente do júri do Global Management Challenge Espanha, que esteve em Nizhny Novgorod, na Rússia, a representar a organização espanhola, na final internacional da edição de 2020. Santiago de Compostela é um conhecido local de peregrinação e o seu centro histórico foi declarado pela UNESCO, em 1985, Património da Humanidade. Não faltam aqui monumentos, nem pontos de interesse, para as equipas visitarem no próximo ano.

No país vizinho, a última edição nacional contou com a participação de mais de 700 equipas de estudantes universitários. A ambição é aumentar este número no futuro, já que, como referiu Alejandro Seguro, “é uma forma de treinar mais pessoas na área da estratégia e gestão de empresas”. Também aqui se fez sentir o impacto da covid-19, que levou à realização das finais regionais e nacional, em formato online.

DA COMPETIÇÃO PARA O JÚRI

Além de presidente do júri da competição espanhola, Alejandro Seguro já participou em equipa neste desafio. “A minha primeira final internacional foi a da edição de 2011, que se realizou em 2012 em Kiev, na Ucrânia. Agora é a vez de Espanha organizar uma final internacional”, referiu.

No próximo ano são esperados em Santiago de Compostela mais de 30 países onde o Global Management Challenge está presente. Em Nizhny Novgorod competiram só 20 países, devido à conjuntura mundial envolvendo a covid-19 que teve impacto na edição de 2020.

Da sua passagem por este desafio, Alejandro Seguro realça que “o Global Management Challenge deu-me ferramentas para ter uma forma de pensar estruturada e perceber como as coisas funcionam. Uma final internacional proporciona aos participantes a realização de contactos e a possibilidade de se conectarem com pessoas em todo o mundo. Já trabalhei com algumas delas e esta é uma experiência incrível”. Acrescentou ainda que esta prova desenvolve competências nos participantes e leva-os a quererem dar o seu melhor para terem sucesso.

Consulte a Classificação da Terceira Decisão da Segunda Volta do Global Management Challenge 2021: (clique aqui)

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Foto: D.R.

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

foto russiaSLAVA MAIS MINISTRA