SDG
EXPRESSO
SIC
|

Uma advogada num desafio de gestão

in Expresso, 19 de Outubro 2013

Manuela Silva Marques acredita que a prova contribui para o crescimento profissional de estudantes e quadros.

A primeira participação de Manuela Silva Marques, advogada, nesta competição remonta a 2005, altura em que integrava a sociedade de advogados Barrocas Sarmento Neves. Dessa experiência em que fez parte de uma equipa mista retirou uma perceção mais abrangente do funcionamento das empresas, bem como a noção do efeito que as decisões tomadas podem ter numa organização. “O Global Management Challenge foi uma referência positiva na minha carreira”, comenta Manuela Silva Marques. E é por isso que recomenda este desafio a estudantes e quadros, por o considerar importante no crescimento profissional dos participantes. “Para os estudantes é uma oportunidade de assumirem as funções de administradores, entrando num cenário real de competição com outras empresas.

Complementando a sua formação teórica, podem ver na prática, que a forma como se gere pode ser determinante para a competitividade e sucesso”, comenta a advogada que atualmente faz parte da Abreu Advogados.

Já os quadros, através desta simulação, “podem desafiar conhecimentos e indicadores e simular estratégias. Beneficiando da possibilidade de integrar equipas mistas, poderão conhecer e avaliar, diretamente e em primeira mão, as novas promessas da gestão”, salienta. No seu caso e emtermos de aprendizagem percebeu que a gestão dos processos, pessoas, recursos e da própria organização, são essenciais e transversais e o seu domínio permite otimizar competências comportamentais e desenvolver a competitividade.

Inovar na prova
Manuela Silva Marques lembra que em 2005 a participação de advogados na competição foi algo de inovador, tendo em conta tratar-se de um desafio de estratégia e gestão. No seu caso teve impacto na sua vida laboral. “Na competição as decisões respeitam a todas as áreas e departamentos da organização e funcionamento de uma empresa.

Este facto permitiu ter uma perceção abrangente e global da empresa que hoje em dia é não só o target de clientela dos escritórios de advogados, como é a própria sociedade de advogados em si”, revela. Acredita que sob este ponto de vista, também na atividade da advocacia as pessoas e a qualidade da gestão são decisivas. E essa mesma qualidade da gestão é uma competência que se adquire.
Para a advogada, esta iniciativa organizada pelo Expresso e a SDG “é um valor acrescentado para Portugal, dada a sua difusão internacional, em mais de 30 países e emexpansão no Médio Oriente o que lhe permite fazer jus ao nome, ser um desafio de gestão global”
Maribela Freitas

Consulte o artigo publicado no Expresso: clique aqui

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter