Um desafio que abre horizontes na gestão

in Expresso, 12 de Maio de 2012

A CPC IS vai apoiar 15 equipas de estudantes na prova com o objetivo de contribuir para a formação de jovens universitários.

Começa no próximo dia 15 a 33.ª edição do Global Management Challenge. A CPC IS é uma das várias dezenas de empresas que este ano estão a apoiar equipas nesta competição de estratégia e gestão, organizada há mais de 30 anos pelo Expresso e a SDG. Esta empresa da área das tecnologias de informação vai apoiar 15 equipas de estudantes com o intuito de contribuir para a formação desta população.

“Na competição os estudantes saem da teoria que têm na universidade para entrarem em contacto com a realidade empresarial.

Aprendem a trabalhar em equipa, apercebem-se da pressão a que se está sujeito na gestão e do que poderá vir a ser o mundo profissional que irão ter de enfrentar”, explica Jorge Queiroz Machado, CEO da CPC IS. Acrescenta que na empresa encaram o apoio a formações de estudantes na competição como uma ação de responsabilidade social. Mas não exclui a hipótese de futuramente vir a recrutar talentos por esta via. A CPC IS está presente no mercado polaco e angolano, localizações onde o Global Management Challenge se desenrola. Jorge Machado refere ainda que poderá vir a ser viável, no futuro, apoiar equipas nas edições destes países.

Para a CPC IS estar ligada a esta prova traz sinergias positivas na medida em que permite realizar networking com outras empresas.

Por norma as equipas que apoia são formadas por universitários oriundos de instituições de ensino superior do norte do país, zona onde a empresa está sediada.

Conselhos de gestão

Jorge Queiroz Machado acredita que o Global Management Challenge abre horizontes aos participantes na área da gestão.

Na qualidade de gestor aconselha os elementos das equipas a “arriscarem e a terem a mente bem aberta para diferentes latitudes e opções. Há também que aproveitar este momento de competitividade e de contacto com outras realidades”, salienta.

Lembra ainda aos participantes que devem aproveitar esta oportunidade para fazerem contactos com os elementos de outras equipas e com as empresas que apoiam essas formações.

A primeira volta do Global Management Challenge 2012 começa já na próxima terça-feira.

Vão estar em prova 512 equipas, das quais 321 são constituídas por estudantes, 160 por quadros de empresas e 29 são mistas, ou seja, integram estudantes e quadros. Este ano apenas duas têm na chefia do grupo um Alumnigmc.

As 512 equipas vão ser divididas por 64 grupos formados por oito equipas cada. Ao longo das próximas cinco semanas as formações vão tomar as suas decisões e, na quinta e última decisão, passarão à segunda volta apenas as equipas que nesta altura estiverem na chefia dos seus grupos. O que significa que na segunda volta, com início previsto para o final de setembro, vão estar presentes apenas 64 equipas que vão ser divididas em oito grupos de oito. O processo é idêntico e, na quinta e última decisão, as formações que estiverem no topo dos seus grupos, passam à final nacional, agendada para novembro. Será deste grupo seleto que será identificado o campeão nacional que irá representar o país na final internacional que irá decorrer em abril de 2013, em Bucareste, capital da Roménia.

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

default-thumbnaildefault-thumbnail