SDG
EXPRESSO
SIC
|

Estudantes representam Macau na final internacional

Legenda da foto: A equipa que vai representar Macau na final surge ladeada na foto pela organização local e internacional da prova.

in Expresso, 10 Fevereiro de 2018

O território organiza o Global Management Challenge desde 1996 e neste período já se sagrou duas vezes campeão mundial

O Dubai acolhe entre os dias 16 e 18 de abril, a final internacional da edição de 2017 do Global Management Challenge. Além de Portugal, Macau e Hong Kong já encontraram os seus campeões e vão ser representados respetivamente por estudantes e quadros neste evento. Uma equipa de estudantes da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau vai lutar pelo título de campeão mundial de 2017 desta competição portuguesa de estratégia e gestão.

“Esperamos que tenham sucesso e obtenham um bom resultado”, refere Jodie Lam, da Macao Management Association, entidade que organiza a prova tanto em Macau como em Hong Kong. A expectativa quanto ao seu futuro desempenho é grande já que Macau venceu a última final internacional, referente à edição de 2016, que se realizou em Doha, capital do Qatar, tendo esta sido a sua segunda vitória em vinte anos de participação neste desafio.

Já Hong Kong, que disputa a prova também há vinte anos, nunca venceu uma final internacional. Este ano vai tentar a sua sorte com uma equipa de jovens quadros que trabalham na área de investimento.

108 equipas em Hong Kong e 101 em Macau

Na edição de 2017 da competição em Hong Kong participaram 108 equipas e na de Macau, um pouco menos, 101. E nestes territórios predominaram as formações de universitários.

Para Jodie Lam, “o Global Management Challenge é uma excelente plataforma para que os estudantes entendam as regras pelas quais se rege a gestão de uma empresa e dá-lhes a possibilidade de colocarem em prática os conhecimentos teóricos adquiridos”. Apesar de as equipas de quadros serem minoritárias, não estão ausentes desta iniciativa. E na opinião de Jodie Lam a competição “dá a oportunidade aos quadros de treinarem competências e de mostrarem o seu talento em vários aspetos o que por norma não acontece no seu dia a dia laboral. Permite-lhes ainda trocar experiências com trabalhadores de outras áreas e de perceberem melhor as atuais tendências do mundo dos negócios”. Ciente dos benefícios que esta iniciativa apresenta para os colaboradores de empresas, a organização local quer engrossar a participação deste tipo de equipas tanto em Macau como em Hong Kong em 2018.

Atualmente são mais de 30 os países onde o Global Management Challenge se desenrola, distribuídos pelos continentes africano, americano, europeu e asiático. Nos últimos anos a expansão geográfica da competição incidiu maioritariamente no continente africano e no Médio Oriente.

A Islândia, Índia e Panamá foram as mais recentes entradas e espera-se que ainda este ano realizem a sua primeira edição da prova.

Jornalista Expresso: Maribela Freitas

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

LLLLLLLLLLLLLLLAAHHHAAHHAAHHAAAHHAH