SDG
EXPRESSO
SIC
|

Engenheiros lutam por Espanha na final

in Expresso, 6 de Abril 2019

Quatro estudantes da Universidade Politécnica de Madrid vão até Ecaterimburgo tentar trazer o título de campeão para o país vizinho.

Legenda da foto: A equipa que venceu a competição em Espanha é formada por quatro estudantes de Engenharia Aeronáutica

Cerca de 2300 participantes distribuídos por 609 equipas integraram a edição de 2018 do Global Management Challenge em Espanha. Deste total, sagrou-se campeã uma equipa formada por quatro estudantes de Engenharia Aeronáutica e do Espaço, da Universidade Politécnica de Madrid. Preparam-se agora para disputar o título de campeão mundial com cerca de 30 países, na final internacional que se realiza em Julho, na cidade de Ecaterimburgo, na Rússia. “Durante os últimos anos as nossas equipas têm vindo a aumentar progressivamente o seu nível devido ao grau competitivo da prova em Espanha.

A nossa ambição para a final internacional é alcançar o pódio”, explica Alejandro Seguro, organizador da competição no país vizinho. Antigo participante, considera que esta iniciativa é para os estudantes uma formação prática na área da gestão. Ao longo das semanas de prova adquirem conhecimentos em todas as áreas de uma empresa, desenvolvem o trabalho em equipa e tomam decisões. “Podem depois aplicar os conhecimentos adquiridos logo desde o seu primeiro dia de trabalho numa empresa.

A competição transforma-os em trabalhadores mais eficazes e conscientes do seu papel numa organização e do impacto das decisões que tomam”, afirma. Outra vertente que na opinião de Alejandro Seguro a prova estimula é o espírito empreendedor, motivando os participantes a criarem um negócio próprio. Na competição as equipas que se inscrevem podem ter entre dois e cinco elementos. Em 2016 a prova em Espanha contou com 1600 participantes distribuídos por 420 equipas.

Um ano depois este número subiu para 2000 pessoas e 466 equipas. No ano passado estes números voltaram a crescer, e a ambição de Alejandro Seguro para a edição de 2019 é “incrementar a presença de todas as universidades espanholas e continuar a fazer com que estes números aumentem”. Para João Matoso Henriques, CEO da SDG, “o mercado espanhol está muito recetivo ao nosso projeto e os números de crescimento não deixam dúvidas.

Este país, e tendo em conta a sua dimensão, é de extrema importância para o Global Management Challenge”. João Matoso Henriques acompanhou no fim de Março a final nacional da prova em Espanha, quando os quatro engenheiros se sagraram vencedores, num evento que reuniu diversas entidades empresariais e académicas de referência no país vizinho. Um facto que na sua opinião mostra “a vitalidade e grande impacto que a competição está a ter em Espanha”.

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Foto: DR

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

ISCTE-IULCampeoes