SDG
EXPRESSO
SIC
|

Estudantes de engenharia garantem presença na prova

in Expresso, 10 de Março 2018.

Legenda: Jorge Nunes, Sérgio Castro, Jorge Santos e Rui Oliveira querem com a participação neste desafio melhorar competências na área da estratégia e gestão

Quatro alunos da Universidade do Porto foram os primeiros a inscreverem-se como equipa na edição de 2018.

A vontade de gerir uma empresa, tomar decisões e resolver problemas motivou quatro alunos da faculdade de engenharia da Universidade do Porto a inscreverem-se como equipa no Global Management Challenge. Estreantes neste desafio, esperam no final deste processo melhorar competências de gestão e aplicar conhecimentos num exercício prático. “A nossa equipa tem interesse em participar em competições de resoluções de casos de estudo, tanto de engenharia como de gestão, uma vez que estão no âmbito da nossa formação académica”, explica Jorge Nunes, um dos elementos desta equipa. Acrescenta que na sua opinião e dos seus colegas “esta é uma oportunidade única de simular a gestão de uma empresa, envolvendo a tomada de decisões em tempo real que raramente nos são pedidas nas unidades curriculares do nosso curso”.

Estudantes do terceiro ano de engenharia e gestão industrial, estes quatro jovens de 20 anos contam que, apesar de conhecerem há algum tempo a competição, só agora sentiram que estavam preparados para tirar o máximo proveito desta experiência. Mais do que vencer, querem “desenvolver competências que nos permitam analisar casos de empresas em tempo real”, frisa Jorge Santos. Na faculdade adquirem conceitos teóricos e o Global Management Challenge é um exercício prático desenvolvido num ambiente de competição. “Num mercado altamente competitivo, com uma grande oferta de profissionais de grandes qualidades técnicas, as empresas procuram trabalhadores com perfis que incluam não só hard skills (competências técnicas) que são desenvolvidas na faculdade como também soft skills (competências comportamentais) que nós temos que procurar desenvolver”, defende Sérgio Castro. Acredita que na prova as duas vertentes são trabalhadas, já que exige dos participantes conhecimentos técnicos e outras capacidades, como, por exemplo, a gestão em equipa de dificuldades que surjam num ambiente competitivo. Estes jovens querem no futuro trabalhar em gestão. “Esperamos que esta seja uma oportunidade de sentir a pressão de tomar decisões com impacto no futuro, para quando estivermos na nossa atividade profissional estarmos à vontade perante um ambiente adverso”, finaliza Rui Oliveira. As inscrições para a 39ª edição deste desafio vão estar abertas até abril. Para mais informações contactar a SDG – Simuladores e Modelos de Gestão (tel. 213 157 618), em Lisboa. Pode ainda consultar o site www.worldgmc.com.

Jornalista Expresso: Maribela Freitas

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

JEJZERTRºJITJSdubai