Desafio de gestão cativa universitários do norte do país

in Expresso, 14 de Abril 2018

Legenda da foto: O auditório encheu-se para ouvir falar sobre o Global Management Challenge.

A organização da prova esteve na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro a apresentar a edição de 2018.

No ano passado o restaurante CAISDAVILLA, com sede em Vila Real, apoiou a participação na competição de cinco equipas de estudantes oriundos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Ricardo Narciso, aluno desta escola, fez conparte de uma dessas equipas e esta semana juntou o proprietário do restaurante e a organização da prova para falarem aos seus colegas sobre o que se pode aprender nesta iniciativa. “O simulador do Global Management Challenge é um ótimo pontapé de saída para a vida profissional.

É ainda extremamente desafiador trabalhar em equipa e experienciar a pressão, responsabilidade, desafio e dificuldade que a direção de uma empresa vive no seu dia a dia”, explica Ricardo Narciso. Por isso está a dinamizar a participação de alunos da UTAD na atual edição deste desafio. No colóquio que organizou esta semana, Filipa Freitas, diretora de marketing e comunicação da SDG, apresentou a prova aos alunos. Horácio Negrão, proprietário do restaurante CAISDAVILLA, foi um dos oradores convidados. Tal como em 2017 também este ano quer apoiar a participação na competição de cinco equipas desta universidade. “Não tendo quadros próprios que possam participar em seu nome neste desafio, o restaurante optou por associar a UTAD bem como os seus alunos na representação desta região”, frisa.

Acredita que com este apoio está “a dar uma oportunidade de preparação profissional adicional aos alunos que vão participar nas cinco equipas selecionadas e deste modo contribuir para a formação de melhores profissionais, que estabelecidos em Vila Real poderão vir a con tribuir para o desenvolvimento futuro da região do Douro”. Mas a participação de equipas de alunos desta universidade na competição não se resumirá apenas a estas cinco, já que outras que se possam vir a formar, poderão vir a ser apoiadas por outras empresas.

Carmem Leal, diretora do mestrado em gestão da UTAD acredita que “iniciativas como esta têm um impacto bastante positivo na dinâmica de uma licenciatura visto que proporcionam uma visão mais próxima e integrada do que pode ser o futuro destes estudantes. Ao mesmo tempo incentiva-os a trabalharem em grupo, trocarem ideias e conhecimentos, obrigando-os a desenvolver o seu pensamento crítico”. Defende ainda que abre oportunidades de trabalho aos estudantes pela possibilidade de criação de redes que oferece.

As inscrições para a competição estão abertas até final deste mês. Para mais informações contactar a SDG (tel. 213 157 618) ou consulte o site www.worldgmc.com.

 

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Fotografia: Sector de Fotografia da UTAD

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

Screenshot_2default-thumbnail