SDG
EXPRESSO
SIC
|

Formação intensiva de quadros na área da gestão

in Expresso, 1 de Dezembro de 2018

Legenda da foto: Tomás Martinho, José Pedro Machado e Pedro Costa, líderes das equipas da Amorim e Irmãos, acompanhados na dianteira pelo co-CEO Luís Esteves.

A Amorim & Irmãos, SA é estreante neste desafio e conta com uma equipa formada por quadros na segunda volta

Com a participação na competição de três equipas de quadros, a Amorim & Irmãos quer reforçar competências de gestão e colocar os seus colaboradores perante situações diferentes das que enfrentam no seu dia a dia.
Luís Esteves, co-CEO da Amorim & Irmãos explica que esta estreia surge no âmbito do plano de desenvolvimento de jovens quadros. Pesquisaram no mercado ações que lhes permitissem estar no papel de gestores e dos seus desafios e optaram por este desafio. “Queremos que os jovens quadros interajam numa competição que os obriga a gerir situações de gestão às quais não são expostos no seu dia a dia e que desenvolvam o espírito de equipa, capacidade de organização e tomada de decisão”, salienta Luís Esteves. Defende ainda que “a exposição a uma visão integrada de gestão, facilitará a aprendizagem e desenvolvimento acelerado, não só para assumir novas responsabilidades no futuro, como para o crescimento no âmbito das funções que atualmente desempenham”.

José Pedro Machado lidera a equipa TCA-Teamcorticeira Amorim que das três equipas é a única na segunda volta. Conta que “esta é uma oportunidade de aprendizagem de como gerir uma empresa num contexto de competição. Aprendemos a trabalhar em equipa, a respeitar a opinião de todos, a gerir tempos de agenda e pessoas e foi um prémio passar à segunda volta”. Pedro Costa é chefe de equipa da Cork Intelligence Amorim e Tomás Martinho da Topteam Amorim. Frisam que a prova permitiu reforçar competências que aplicam diariamente, decidir perante imprevistos e conciliar o trabalho com este desafio.

Classificação após a 1ª decisão – 2ª volta

INÍCIO DA SEGUNDA VOLTA 

Começou esta semana, com a tomada da primeira decisão, a segunda volta do GlobalManagement Challenge 2018. Estão 64 equipas, distribuídas por oito grupos, a disputar esta etapa. Até ao próximo dia 19 as formações terão de tomar mais quatro decisões de gestão das suas empresas virtuais.

Na quinta e última decisão as oito equipas que estiverem no topo dos seus grupos, serão as classificadas para competir na final nacional que se realiza a 4 de fevereiro. Nesta última fase será escolhido o vencedor nacional que representará o país na final internacional, agendada para junho de 2019, na Rússia. Para já e com a tomada desta decisão, a CGD é a entidade com mais equipas na liderança, com duas.

Jornalista Expresso: Maribela Freitas
Fotógrafo Expresso: Rui Duarte Silva

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

lrlddsmdoadm