Saber como funciona uma empresa

in Expresso, 18 de Janeiro 2020

Legenda da foto: Pedro Monteiro (ao centro) com elementos das equipas da Konica Minolta.

Durante a competição, as equipas tomam decisões em áreas tão diversas como a produção e finanças.

O trabalho em equipa, a discussão de ideias e a visão de como uma empresa funciona são, na perspetiva de Pedro Monteiro, diretor-geral delegado da Konica Minolta Portugal (KM), algumas das aprendizagens obtidas com a participação no Global Management Challenge.

A empresa que lidera contou com duas equipas na segunda volta da atual edição da competição e uma delas vai disputar a final nacional. Foi no final dos anos 90 do século XX, na altura estudante de engenharia do Instituto Superior Técnico, que Pedro Monteiro participou nesta prova de estratégia e gestão. “Recordo o desafio que foi tomar decisões e analisar os resultados. Aprendi a tolerar as ideias dos outros, a saber negociar, e acredito que este tipo de exercício dá uma visão mais abrangente do que é uma organização”, explica este antigo participante. Defende que as competências comportamentais que a prova desenvolve nos participantes são valorizadas pelas empresas na hora de contratar.

Para a KM, a prova funciona como “uma fonte de recrutamento”, refere. Esta semana teve a oportunidade de receber nas instalações da empresa que dirige as suas duas equipas que integraram a segunda volta.

Contabilistas na final

“A visita à KM ajuda-nos a perceber o mercado de trabalho e vimos uma empresa a trabalhar como um todo, que é algo de que não temos perceção na universidade”, refere Pedro Lopes, líder da equipa Konica Minolta/ Newgencf. Desta equipa fazem também parte Vítor Santos, Ricardo Russo, Hugo Pinto e Beatriz Arriaga, estudantes de contabilidade e finanças. Pedro Lopes conta que “neste desafio alargamos os nossos conhecimentos de gestão, pensamos mais no médio e longo prazo, discutimos e ouvimos as ideias de cada um”. O balanço que fazem da participação é positivo, já que vão estar a competir na final nacional.

Ao contrário da anterior equipa, a Konica Minolta/Sócios ficou pela segunda volta.”Durante esta experiência aprendemos muito sobre como gerir uma empresa e também sobre como trabalhar melhor em grupo”, comenta João Aveiro, membro desta formação, da qual fazem ainda parte João Gouveia e João Jardim. São estudantes de economia, gestão e design e com os conhecimentos adquiridos consideram–se mais aptos para trabalhar numa organização. Visitar a KM foi para estes jovens uma oportunidade de conhecer melhor a empresa que lhes permitiu viver esta experiência de gestão.

Classificação final – 2ª volta (Consulte o PDF)
WWW.EXPRESSO.PT/ECONOMIA/WORLDGMC

EQUIPAS FINALISTAS
Terminou esta semana a segunda volta do Global Management Challenge 2019.
No quadro publicado em cima estão os nomes das oito equipas apuradas para a final nacional, que se realiza em Lisboa, a 27. Na etapa final da prova, Fujitsu, Alta Digital, Staples, Fidelidade, Konica Minolta, CGD e EDP irão estar representadas com uma equipa, e também participará nesta final uma equipa de antigos participantes.

Jornalista/Expresso: Maribela Freitas
Fotógrafo/Expresso: José Fernandes

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Organização

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

IntrumCGD_GMC2019