SDG
EXPRESSO
SIC
|

Prova de gestão estimula espírito empreendedor

in Expresso, 6 de Agosto 2016

Davis Gouveia integrou duas edições do Global Management Challenge. Alguns dos conhecimentos adquiridos por este antigo participante são aplicados diariamente no projeto universitário que criou.

A participação de Davis Gouveia nesta competição remonta às edições de 2009 e 2010, altura em que estava a frequentar o curso de engenharia aeroespacial do Instituto Superior Técnico. Do que aprendeu ficou-lhe a importância de planear antes de avançar com um negócio e olhar para a concorrência. Com 28 anos de idade, Davis Gouveia tem estado ao longo do seu percurso profissional ligado a projetos relacionados com a educação em Portugal.

Em janeiro de 2014 fundou o Uniarea.com, um portal que tem como público-alvo os alunos do ensino secundário e superior e que divulga possibilidades formativas e atividades complementares que possam interessar a esta população. O antigo participante conta que a sua passagem pelo Global ManagementChallenge foi importante no lançamento deste portal. “Eram várias as simulações que fazíamos em cada uma das jogadas para perceber qual a melhor decisão a tomar e é essa mesma lógica de testar e tentar perceber o reflexo de cada medida que ainda uso no meu projeto”, explica.

Ter a visão global de uma empresa.

Para Davis Gouveia esta competição de estratégia e gestão organizada há 37 anos pelo Expresso e a SDG “coloca os participantes numa posição de liderança e de tomada de decisão que dentro de um ambiente controlado nos permite perceber se é algo que queremos assumir no futuro, o que no meu caso se veio a confirmar”.

Da equipa que integrou fazia parte o seu irmão e outros colegas que estavam a estudar gestão no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL). “No curso de engenharia as bases de gestão eram apenas abordadas no 4º ano e os conteúdos eram mais virados para a teoria académica, contabilidade e técnicas de negociação”, relembra. Já o Global Management Challenge “é uma prova nacional que permite desenvolver as competências de estratégia e gestão, ao mesmo tempo que permite ganhar a visão global do funcionamento de uma empresa”. Acrescenta ainda que foi na prova que percebeu que se deve fazer “um planeamento estratégico e financeiro na implementação de qualquer negócio e é necessário olhar de forma atenta para a concorrência e como a mesma pode afetar um negócio”.

Numa análise mais geral a este desafio, Davis Gouveia acredita que é o ambiente perfeito para os universitários contactarem com alunos de outras instituições e empresas, bem como aprenderem as bases da gestão empresarial, fortalecer a capacidade de trabalhar em equipa e de negociação e a tomada de decisão nos planos estratégicos, financeiro, marketing, comercial, recursos humanos e operacional e medir as suas consequências.

É por isso que vai divulgar esta iniciativa no portal que fundou e dirige, por acreditar que é uma atividade extracurricular que pode fazer a diferença no futuro dos estudantes.

Jornalista: Maribela Freitas

Últimas Notícias

Patrocinadores

Apoios

Parceiros

Contacte-nos

Tem alguma questão? Envie-nos uma mensagem rápida, e respondemos o mais rápido possível.

Não consegue ler? Mude o texto. captcha txt

Insira o texto para pesquisar e pressione Enter

13668647_1136399123086552_8370985215457555402_oTAP